Lisboa: preços na freguesia de Marvila dispararam quase 80%

Três freguesias de Lisboa com preços superiores a 4000€/m2. Parque das Nações é a única que regista uma variação negativa.

Foto
Rui Gaudêncio

A maior pressão de preços para venda de casas em Lisboa aconteceu no último trimestre de 2018 na freguesia de Marvila. De acordo com os últimos dados divulgados pelo INE, que apura o valor mediano do preço por metro quadrado registado em cada uma das 24 freguesias da cidade, a freguesia de Marvila disparou quase 80% em termos homólogos, chegando aos 2666€/m2. Está, ainda assim, com um preço mediano inferior ao da cidade, que atingiu no último trimestre de 2018 os 3010€/m2, registando uma subida homóloga de 23,5%.

As três freguesias do centro histórico de Lisboa que mais têm sido pressionadas pelo aumento dos preços na habitação — Santo António, Santa Maria Maior e Misericórdia — registaram no último trimestre de 2018 um preço mediano de venda de casas superior a 4000 euros o metro quadrado (€/m2).

A freguesia de Santo António, que inclui a Avenida da Liberdade e as áreas adjacentes chegou aos 4568€/m2. A freguesia de Santa Maria Maior, que inclui a área do Castelo e Baixa/Chiado, fixou-se nos 4297€/m2. E a freguesia da Misericórdia, que inclui a área do Bairro Alto e do Cais do Sodré, chegou aos 4126€/m2.

As freguesias de Santa Clara, São Domingos de Benfica, Lumiar, Areeiro, Carnide e Arroios registaram, no 4.º trimestre de 2018, preços medianos e taxas de variação face ao período homólogo inferiores aos da cidade de Lisboa. De acordo com os dados do INE, Santa Clara foi mesmo a freguesia com o menor preço mediano (1969 €/m2). A freguesia do Parque das Nações foi a única com uma evolução negativa (-0,3%) do preço da habitação face ao período homólogo.

PÚBLICO -