A Sagrada Família a iluminar a Páscoa de Barcelona

Esta semana, o ex-líbris da cidade sublinhou a Paixão com momentos luminosos.

Foto
DR/Sagrada Familia

A obra inacabada de Gaudí torna-se por estes dias de Páscoa uma tela para momentos luminosos plenos de “passió”. A Basílica da Sagrada Família, o mais célebre monumento de Barcelona, tem iluminado a fachada da Paixão, sublinhando os trabalhos escultóricos que evocam as últimas horas de Jesus Cristo.

A iluminação incinde sobre doze grupos escultóricos, do escultor Josep Maria Subirachs, e é acompanhada musicalmente. Entre 15 e 17 de Abril, com duas sessões por dia (às 20h45 e 21h30), o projecto luminoso preencheu a fachada meia-hora de cada vez.

PÚBLICO -
DR/Sagrada Familia
PÚBLICO -
DR/Sagrada Familia
PÚBLICO -
DR/Sagrada Familia
Fotogaleria
DR/Sagrada Familia

Ao longo do ano, a Sagrada Família – que começou a ser construída em 1882 e que deverá estar terminada em 2026 – tem diversos momentos especiais de iluminação, particularmente sob o mote de momentos relacionados com a religião católica, como o Natal ou a Páscoa, mas não só.

PÚBLICO - Para chamar a atenção para a lutra contra o cancro de mama
Para chamar a atenção para a lutra contra o cancro de mama DR/Sagrada Familia
PÚBLICO - A assinalar o Dia Mundial para a Consciencialização do Autismo
A assinalar o Dia Mundial para a Consciencialização do Autismo DR/Sagrada Familia
PÚBLICO - No Natal
No Natal DR/Sagrada Familia
PÚBLICO - No Natal
No Natal DR/Sagrada Familia
Fotogaleria
DR/Sagrada Familia

Nos últimos tempos, a iluminação especial foi aproveitada para chamar a atenção para outras questões, como a luta contra o cancro de mama, a leucemia, o autismo ou a defesa da liberdade religiosa no mundo.