Maria João Rodrigues disponível e com vontade de concorrer às europeias

Lista de candidatos socialistas ao Parlamento Europeu deverá ser apresentada nesta quinta-feira na comissão política do partido.

Maria João Rodrigues
Foto
Maria João Rodrigues NUNO FERREIRA SANTOS

Ainda com a lista completa de deputados de PS candidatos ao Parlamento Europeu mantida em segredo por António Costa, Maria João Rodrigues veio mais uma vez a público manifestar-se disponível para se recandidatar. "Estou disponível porque tenho um trabalho de longo curso na Europa", afirmou nesta quinta-feira em entrevista à TSF.

"Este mandato foi novamente uma oportunidade de transformar isto em algo prático", disse Maria João Rodrigues à rádio, acrescentando que é por essa razão de gostaria de "continuar".

A eurodeputada disse ainda ter uma “profunda convicção” de que "o PS vai conseguir ter uma maioria expressiva" na eleição marcada para 26 de Maio. Recusou-se, porém, a concretizar por quantos deputados consideraria "expressiva" a margem de vitória.

Já sobre o processo que decorre no Parlamento Europeu, em que está a ser investigada por alegada perseguição laboral, Maria João Rodrigues afirmou à TSF desejar que "fique esclarecido muito em breve", e que poderá conseguir que seja resolvido "a bem e com verdadeiro diálogo".

Nas últimas notícias, o nome de Maria João Rodrigues não é dado como certo nas listas à Europa. A eurodeputada, especialista em assuntos da União Europeia, fazia parte das escolhas de Costa, mas a investigação já referida pode comprometer a recandidatura. O líder do PS pode estar a fazer um compasso de espera pelo resultado do relatório que está na comissão e assédio do PE.

A incógnita será desfeita esta noite, na reunião partidária.