Grande prémio do festival IndieJúnior atribuído ao filme No meu quarto

O júri da competição internacional atribuiu ainda uma menção honrosa à animação norueguesa Laços, de Toril Kove.

Foto
No meu quarto dr

O documentário No meu quarto, da israelita Ayelet Albenda, venceu o grande prémio do festival de cinema IndieJúnior, anunciou a organização do evento, que termina este domingo no Porto.

O júri da competição internacional, composto pela escritora Adélia Carvalho, pelo coordenador do Serviço Educativo da Casa da Música, Jorge Prendas, e pelo designer Wandson Lisboa, atribuiu ainda uma menção honrosa à animação norueguesa Laços, de Toril Kove.

Já o grande prémio do público foi dado a Mary e a flor da feiticeira, de Hiromasa Yonebayashi e Giles New, enquanto o júri Escolas premiou o neozelandês Fogo na Cidade de Cartão e entregou uma menção honrosa a No meu quarto.

"Entre os milhões de vídeos que existem no YouTube estão os diários de seis adolescentes que decidiram mostrar ao mundo como é viver na sua pele. Todos escolheram a câmara em vez da escrita de um diário para contar as suas histórias mais divertidas, tristes, confusas, simples. E acompanhámo-los durante anos, através dos vídeos que postaram no YouTube. Não são youtubers, não são estrelas da net, são apenas miúdos que falam para quem esteja disposto a ouvi-los", pode ler-se na sinopse de No meu quarto, filme já premiado no país de origem da realizadora.