Instagram

David Bowie, o rapaz caleidoscópio

Nenhum outro artista levou tão longe essa necessidade visceral de se reinventar, de descobrir em si as várias personagens que juntas formam um nome. 

@cartoonbowie
Fotogaleria
@cartoonbowie

Ele sempre foi uno, mas divisível. Foi Major Tom, um apocalíptico Ziggy Stardust, um Aladdin Sane com um raio estampado no rosto, agora tanto nas paredes de Brixton como nas t-shirts de lojas em centros comerciais, o cocainómano da plastic soul, o The Thin White Duke a preto e branco, a sóbria e discreta estrela de cabelo laranja da trilogia de Berlim, o super-super Phil Collins que enchia estádios inteiros com Let’s dance ou a reencarnação do cabalista Nathan Adler.

O camaleão foi isso tudo e ainda mais: clown, cantor, actor, pintor e o diabo a sete e meio. Nenhum outro artista levou tão longe essa necessidade visceral de se reinventar, de descobrir em si as várias personagens que juntas formam um nome. Sound and vision, literalmente. A iconoclastia está aqui toda para explorar nesta conta do Instagram. Na página Cartoon Bowie só falta o som. Uma sugestão: folheia esta galeria e no final clica aqui. É uma viagem fantástica. 

@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
@cartoonbowie
Sugerir correcção