A próxima viagem? Toratora!

Quer viajar, mas não sabe para onde? Não tem paciência para a logística? A Toratora faz-lhe “tudo”. Só precisa de decidir o local de partida e o número de dias: o preço é fixo e o destino, surpresa!, esta plataforma só lho revela uma semana antes da partida.

Foto
REUTERS/Charlie Saceda

“Quantas vezes não nos apeteceu partir, simplesmente partir, sem rumo traçado. Viajar, explorar e ser surpreendido, sem ter de pensar em nada?”. As palavras são de Francesco Simeone, mas quem nunca as pensou que atire a primeira pedra. Mesmo numa altura em que planear as viagens se tornou mais fácil e à distância de um computador, há sempre quem, em alguma altura, já se desanimou só de pensar em todas as buscas a fazer: voos, hotéis, o que ver e fazer – e isto depois de isolar um entre tantos destinos cada vez mais “perto”, que é como quem diz, acessíveis a várias bolsas. Pois, aventureiros deste mundo, basta escolher a data, a cidade da qual se quer partir e o número de dias (3, 4 ou 5) a que correspondem orçamentos fixos (179€, 229€ e 279€) – a Toratora trata do resto.

Da reflexão pessoal à generalização: assim nasceu, há dois meses, a Toratora, uma plataforma de viagens surpresa. Dentro da Europa. “A Europa tem tanto por explorar que às vezes marcávamos voos de acordo com as promoções, não importava qual fosse o destino” – o “nós” é o do triunvirato, sediado em Roma (na Lazio Innnova, um acelerador de startups), que criou a plataforma, Francesco, Giuseppe de Lauri e Tiziano Ciotti. Entretanto, aperceberam-se que “outros jovens”, como eles (30, 32 e 27 anos, respectivamente), “gostam de dedicar a maior parte do seu tempo livre a viajar, mas nem sempre têm tempo para tratar de toda a logística” (ou paciência, atrevemo-nos). “Queríamos organizar um fim-de-semana fora e queríamos tanto que alguém o fizesse por nós.”

Agora, a Toratora fá-lo para 37 cidades europeias. O viajante além do básico, pode preencher um pequeno questionário sobre o tipo de viagens que prefere fazer – e, importante, eliminar cidades para não repetir “cromos” (até três, é gratuito, a partir deste número, paga-se cinco euros por cada exclusão). Porque só se fica a saber o destino uma semana antes e aí já não há volta a dar, excepto se houver problemas de saúde e for apresentada uma declaração (no caso de cancelamento de voos, o cliente é também reembolsado).

O pacote básico da Toratora inclui os voos, alojamento no centro da cidade (três ou quatro estrelas) e um guia personalizado para explorar a cidade; o pacote premium (299€, 349€ e 399€) assegura um hotel de luxo e uma experiência (exemplo: “para quem viaje para Roma, por exemplo, incluímos degustação de vinhos italianos ou uma entrada numas termas”). Há ainda viagens surpresa para ocasiões especiais – despedidas de solteiros, viagens de fim de curso ou aniversários, são as opções –, que além do pacote básico oferecem também uma actividade surpreendente (que tal “a entrada numa festa exclusiva”?) e os mesmos preços do pacote premium.

Em Portugal, há saídas de Lisboa e do Porto e a plataforma está disponível em português. As reservas devem ser feitas com um mínimo de 15 dias de antecedência.