No Ponto: pampilhos, Santarém

Regularmente, a Fugas divulga um vídeo novo sobre um doce diferente.

Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria

Já vimos certamente este bolo nos comuns cafés e pastelarias, mas poucos sabem de onde veio. A verdade é que os pampilhos foram criados por volta de 1970, na pastelaria Bijou, em Santarém. Espalharam-se rapidamente por todo o país.

A receita é simples, talvez daí a sua grande difusão. Penso, no entanto, que o sucesso do bolo se deva à sua massa pouco cozida e densa. O sabor é característico. Na pastelaria Bijou são feitos pampilhos em três tamanhos: as miniaturas, o tamanho original e as tortas, uma exigência dos clientes da Bijou que queriam ter o doce como bolo de aniversário. Agora, quando vir este bolo nalgum lado, já saberá de onde veio. Que isso lhe sirva para comer com mais gosto.

A Doçaria Portuguesa

Cristina Castro criou o projecto No Ponto para registar e dar a conhecer os doces do país. Tem vindo a publicar a colecção A Doçaria Portuguesa, "os mais completos livros sobre a história e actualidade dos doces de Portugal". A investigação para este trabalho levou a autora a viajar por todos os concelhos em busca de especialidades doceiras. A partir da oportunidade de ver como se faz, de falar com quem produz, de conhecer vidas, histórias e tradições associadas à doçaria, surgiram os vídeos que desvendam um pouco de cada doce. Regularmente, a Fugas revela um vídeo novo sobre um doce diferente.

PÚBLICO -
Foto