Torne-se perito

Avião da TAP com destino a Luanda obrigado a fazer escala no Congo

A companhia aérea nacional defende que o espaço aéreo angolano estava encerrado à hora que aquela ligação para Luanda estava a ser efectuada.

Foto
Daniel Rocha

Um avião da TAP, que partiu este sábado de Lisboa com destino a Luanda, foi obrigado a fazer escala na República do Congo por causa do encerramento temporário do espaço aéreo angolano, revelou à Lusa fonte da empresa portuguesa.

Em causa esteve o voo TP287, com partida de Lisboa às 12:20 e chegada a Luanda prevista às 21:05 locais, tendo sido desviado para o aeroporto Pointe-Noire, na República do Congo, onde aterrou às 22:05 locais, segundo informação disponibilizada na página oficial da TAP.

Contactada pela Lusa, fonte oficial da transportadora portuguesa referiu que foi necessário fazer uma escala no Congo devido ao "encerramento temporário do espaço aéreo angolano" e que, cerca das 23:30, já estaria em curso a viagem de ligação até Luanda.

A Lusa actualizou esta notícia: onde se lia (...) devido ao "encerramento do espaço aéreo angolano" lê-se agora: devido ao "encerramento temporário do espaço aéreo angolano". 

Sugerir correcção