Vulcão Etna "acordou" e está a fazer tremer a Sicília

Maior vulcão da Europa está a condicionar o trafégo áereo na região da Catânia, Itália.

Fotogaleria
Reuters/ANTONIO PARRINELLO
Fotogaleria
Reuters/REUTERS TV
Fotogaleria
LUSA/ORIETTA SCARDINO

O vulcão Etna, em Itália, entrou nesta segunda-feira de manhã em erupção. Com o intensificar da actividade vulcânica, foi registada também uma intensa actividade sísmica na região. Nas últimas horas há registos de centenas de pequenos sismos, tendo alguns deles chegado a ultrapassar os quatro graus na escala de Richter.

Com a grande quantidade de cinza vulcânica que está a ser libertada, os voos com destino ao aeroporto Catania-Fontanarossa​, na região da Sicília, estão a ser desviados para outros aeroportos italianos. Como medida de prevenção acabou mesmo por ser encerrado o espaço aéreo daquela região. 

O maior vulcão da Europa "despertou" eram 7h50 da manhã em Lisboa (mais uma hora em Itália). Nas primeiras cinco horas de intensa actividade vulcânica foram registados mais de 200 abalos sísmicos. 

Registo sismico italiano com os sismos de maior intensidade sentidos na região do vulcão Etna (hora de Itália).

Em comunicado, o Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia de Itália diz estar a acompanhar a situação. O observatório de acompanhamento do Etna tem uma reunião de avaliação marcada para as 16 horas de Lisboa (17h locais).