Quebramar Xmas: Aveiro já não passa sem este clube de Natal

Abriu este sábado e até 6 de Janeiro não há frio que afaste os aveirenses e os turistas da envolvência do Mercado Manuel Firmino.

Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria

Dias curtos, baixas temperaturas e um cheirinho a Natal. Estão reunidas as condições para os aveirenses voltarem a juntar-se na esplanada que já é ponto de encontro obrigatório nesta época festiva. Mais do que um bar, particularmente procurado pelas suas bebidas quentes (vinho doce, chocolate quente e chás), o The Quebramar Xmas Club é um espaço de confraternização inspirado nos mercados de Natal do Norte da Europa. Situado de frente para a ria, na envolvência do Mercado Manuel Firmino, este é um clube que convive bem com o frio: há aquecedores, várias mantas quentinhas para aconchegar os mais friorentos e, em dias mais duros, troncos a arder. Abriu este sábado e, tal como manda a tradição, vai manter-se por ali até 6 de Janeiro.

A proposta mantém-se fiel ao que vem sendo regra nos últimos anos: ao lado da barraquinha de madeira, pintada de vermelho (como convém), há um coreto pronto para receber os artistas locais – e outros mais que se queiram juntar à festa. “Assegurámos a actuação de alguns músicos e grupos, mas a ideia passa por convidar os talentos de Aveiro a irem lá a actuar e a oferecerem algo à cidade”, destaca Margarida Mangerão, uma das responsáveis pelo espaço criado por um grupo de amigos. Durante o Verão, concentram esforços num clube de praia (Costa Nova Beach Club) e, em época natalícia – pelo quarto ano consecutivo -, assentam arraiais em pleno centro de Aveiro.

“No início, tivemos receio que as pessoas não aderissem, porque em Portugal não há esse hábito de aproveitar o espaço exterior em época de frio. Mas a verdade é que a receptividade tem sido grande”, nota Margarida. Tão grande que os 35 lugares sentados da esplanada já começam a ser escassos e, em horas e dias mais concorridos, a opção tem de passar mesmo por ficar de pé. “Não queremos alargar muito mais para não ficar uma coisa com ar mais industrial. A ideia é cultivar a partilha de mesa, o convívio entre as pessoas”, acrescenta.

PÚBLICO -
Foto

“As melhores fatias de bolo da cidade”

Aberto todos os dias (com excepção dos dias 25 de Dezembro e 1 de Janeiro), das 10h às 20h, o The Quebramar Xmas Club serve “as melhores fatias de bolo da cidade”, assegura Margarida Mangerão, bolachas de gengibre, bolachas de maçã, cookie de chocolate, rabanadas e outras doces tentações. Para os que preferem salgados, também fica difícil escolher: tábuas de enchidos ou de queijos, fatia de bolo de caco com manteiga, hambúrguer em bolo do caco, empada de frango, croquete e batatas fritas.

PÚBLICO -
Foto

A carta de bebidas é liderada pelo Hot Wine Quebramar, que foi buscar alguns “segredos” ao vinho que é servido nos mercados nórdicos, revela aquela responsável. Além das restantes propostas quentes - chá e chocolate - o The Quebramar Xmas Club tem sempre pronto a sair um vinho (a copo ou garrafa), cervejas, sumos e refrigerantes. Os preços oscilam entre os 0,30 euros (bolachas de gengibre) e os 5 euros (hambúrguer). O vinho quente, por exemplo, custa 2,50 euros e a fatia de bolo 2 euros.

Basta sentar-se à mesa, escolher entre as várias opções disponíveis e cumprir o desafio que é lançado pelos anfitriões: “Dar tempo aos amigos em vez de presentes, estarem mais disponíveis em vez de irem às compras”.