Conteúdo Patrocinado

Como criar uma startup de sucesso: os segredos de um pitch eficaz

O sucesso de uma startup depende em grande parte do pitch, uma apresentação verbal de curta duração, que visa divulgar os produtos ou serviços, captando eventuais investidores e clientes.

Foto
Getty

Todas as empresas presentes na Web Summit têm, de uma forma ou outra, um pitch preparado. Para ser eficaz, é fundamental que seja interessante e dinâmico. Deve ser conciso, simples e objectivo, comunicando os aspectos essenciais do negócio. Conheça os conselhos dos especialistas:

Comece por fazer um resumo do projecto

Um pitch é frequentemente acompanhado de um documento distribuído aos potenciais investidores, com uma descrição breve da startup, dos seus produtos ou serviços. Procure, em uma ou duas páginas, fornecer a informação essencial sobre a empresa, a equipa, os produtos ou serviços. Descreva, de forma breve, as oportunidades de mercado, no sentido de orientar o interesse daqueles que tem diante de si.

Prepare um conjunto de slides

Desenvolva uma apresentação bem estruturada, que complemente a sua intervenção, tornando-a mais dinâmica e mais interessante. Os slides não devem conter muito texto. Prefira, antes, fotografias e pequenos vídeos, ou outros elementos gráficos que permitam passar a mensagem de forma simples e directa. Se tiver como objectivo a internacionalização, prepare também a apresentação noutras línguas.

Apresente a startup e os seus produtos ou serviços

Dê a conhecer a empresa e os fundadores, referindo a sua experiência na indústria. A história pessoal é fundamental. Mais do que ideias, muitas vezes os investidores apostam nas pessoas por trás dos projectos. Quando falar no produto ou serviço, não se esqueça de abordar as características, especificidades e exigências técnicas, assim como os benefícios e vantagens para o consumidor, ex., qual o problema que a solução pretende resolver.

Prepare-se para abordar a estratégia de vendas e marketing

Quais as oportunidades de mercado existentes? Quem são os seus principais concorrentes? A partir da resposta a estas questões, dê a conhecer aos potenciais investidores de que forma pretende comercializar o produto ou serviço, incluindo o preço e a distribuição. A estratégia de marketing é também um ponto fundamental a abordar.

A informação financeira é fundamental

Para convencer futuros investidores a apostar no seu negócio é muito importante informá-los, por exemplo, sobre as vendas e os lucros previstos, entre outros temas de âmbito financeiro. Caso tenha já angariado algum capital, é fundamental referi-lo também. Os investidores valorizam informação financeira organizada, alinhada com os normativos internacionais e facilmente compreendida pelos analistas.

Faça referência às equipas que trabalham consigo

Aborde, de forma sucinta, os perfis que compõem a sua equipa de colaboradores. Enfatize as suas competências, experiência e desempenho empresarial ao longo da carreira. Se tiver consultores ou mentores, mencione-os também. São informações que podem credibilizar uma startup, reforçando a mensagem de que a sua equipa tem capacidade, competência e experiência para executar as estratégias e tarefas propostas.