Conteúdo Patrocinado

Como criar uma startup de sucesso: a importância do networking

Para que o seu negócio seja bem-sucedido, é fundamental desenvolver uma boa rede de contactos. Na semana em que Lisboa recebe mais uma edição da Web Summit, explicamos-lhe tudo o que precisa de saber para fazer crescer a sua empresa.

Foto
GettyImages

Não basta criar uma marca eficaz e um produto ou serviço de qualidade. A prosperidade de uma startup depende também do networking, ou seja, da rede de contactos que um empreendedor estabelece. Só assim poderá criar e aprofundar as diversas áreas do negócio, tendo acesso a inovações e práticas da indústria. Um dos segredos do sucesso passa, por isso, pela entrada no ecossistema empresarial, onde proliferam empresários experientes e profissionais altamente especializados. Saiba quem poderá ajudá-lo a expandir a sua rede de contactos e consequentemente o negócio:

Investidores

Além do capital que permitirá expandir o negócio, os investidores adequados poderão ser uma ponte para outras empresas ou sectores específicos na indústria. Investidores experientes podem aportar um valor que vai muito para além do simples investimento financeiro.

Incubadoras e aceleradoras

Numa fase inicial de desenvolvimento pode ser benéfico recorrer a programas de incubação e aceleração. Além de facilitarem o acesso a instalações e recursos, permitem entrar em contacto com outros empreendedores, o que fomenta a partilha de ideias, conhecimentos e experiências. Os programas corporate, desenvolvidos por empresas maduras e de grande dimensão, são uma tendência crescente, funcionando como plataformas de inovação e identificação de novas competências. Para os empreendedores é também a oportunidade de desenvolverem, testarem e alavancarem as suas soluções com suporte e orientação de estruturas mais estabelecidas.

Mentores

Para que o seu negócio tenha uma expansão bem-sucedida, pode ser útil recorrer a mentores, por norma empresários experientes ou especialistas técnicos com conhecimento da indústria. Estes poderão dar-lhe sugestões úteis e facilitar o acesso a contactos-chave. Juntamente com os investidores, podem ser decisivos na contratação de profissionais altamente qualificados para a organização (directores ou gestores por exemplo).

Consultores

Consultores jurídicos, fiscais, financeiros, de marketing ou gestão, entre outros, podem ser determinantes para o sucesso de uma startup. Como são técnicos especializados, e por isso se ocupam de áreas específicas, libertam os empreendedores de algumas tarefas, permitindo que concentrem os seus esforços no desenvolvimento das soluções.

Associações empresariais e agências de desenvolvimento

Existem inúmeras iniciativas que reúnem a indústria para promover a inovação no sector e o contacto entre empresários, algumas das quais especialmente focadas para o ecossistema de empreendedorismo e inovação. Participe neste tipo de eventos. Além de permitirem fazer networking na indústria em que se pretende posicionar, poderão dar-lhe acesso a programas de desenvolvimento de novas empresas e entidades. Existem ainda programas de apoio financeiro e logístico através de organizações nacionais e europeias que fomentam a inovação e a criação de novas empresas. Esta é uma área onde Portugal tem investido particularmente.

Escolas e universidades

Muitas instituições académicas têm parcerias com empresas e organizações que possibilitam desenvolver produtos e serviços, com a ajuda de alunos e investigadores. Além dos recursos humanos, existe muitas vezes também a partilha de equipamentos (laboratórios, por exemplo).