Entrevista

Praxe? "Matem os alunos com trabalho", diz reitor da Universidade de Lisboa

Cruz Serra, reitor da Universidade de Lisboa, diz que as praxes não se combatem com proibições mas com "pedagogia".

Foto
Nuno Ferreira Santos

Já viu o que se está a passar à volta da sua universidade em termos de praxes?
Passo todos os dias por aí (Campo Grande) e tenho a leve esperança que aquela praxe que ali está a acontecer seja de uma universidade privada. Este é um assunto muito difícil de resolver.

Isso não é uma desresponsabilização da própria universidade?
A universidade não pode proibir praxes fora das suas instalações. E se proíbe dentro da universidade, os alunos fazem a praxe fora.

Não é preciso fazer pedagogia?
A pedagogia é feita. Tenho a presunção de pensar que no ano passado, com um discurso que fiz a certa altura, numa faculdade onde se prolongava indefinidamente a praxe, acabaram ou, pelo menos, esconderam-se.

O conselho que dou aos nossos professores para reduzir as praxes é: “Matem os alunos com trabalho.” Se eles tiverem muito trabalho para fazer, não têm tempo para andar naquelas brincadeiras, às vezes muito desagradáveis.