Altice Portugal fecha acordo colectivo que prevê aumentos salariais

A Altice Portugal concluiu com os sindicatos um novo acordo colectivo de trabalho, que prevê aumentos salariais para os trabalhadores e cujo impacto anual ronda os 2,5 milhões de euros, anunciou hoje o presidente executivo da empresa.

,
Foto
daniel rocha

"Efectivamente ontem fechámos um acordo, eu diria histórico, na Altice Portugal porque é um acordo colectivo de trabalho que foi fechado com a esmagadora maioria das estruturas sindicais, praticamente todas as estruturas sindicais representativas dos colaboradores da Altice Portugal", afirmou Alexandre Fonseca.

Este responsável falava na Covilhã, distrito de Castelo Branco, onde hoje realizou uma visita de trabalho, acção integrada num conjunto de iniciativas que está a levar a cabo na Beira Interior e que também incluem, no dia de hoje, visitas à Guarda e a Viseu.

Na Covilhã começou por reunir com trabalhadores do Data Center que a empresa tem naquela cidade, tendo depois, em declarações aos jornalistas, anunciando que o novo acordo colectivo de trabalho engloba aumentos salariais médios de 1%, mas que para os trabalhadores com ordenados mais baixos o aumento começa nos 4%.

"Estamos a falar de aumentos salariais que começam nos 4% para aqueles colaboradores que têm salários mais baixos e que, em média, chegam, para a maioria dos colaboradores da Altice Portugal, próximo do 1% em termos médios", especificou.

Segundo o gestor, esta medida implicará um incremento de 2,5 milhões de euros anuais na massa salarial da Altice Portugal.

"É, portanto, um sinal claro e inequívoco da nossa aposta [nos trabalhadores]", afirmou.

Alexandre Fonseca assumiu que chegar a este acordo foi "um trabalho duro”, pelo que destacou a "abertura, flexibilidade e empenho" das estruturas sindicais, bem como o papel do conselho consultivo para as relações laborais, que foi constituído recentemente e que integra nomes como Silva Peneda e João Proença.

"[Foi] importante para nos aconselhar e apoiar e uma mostra clara de que alguns temores, alguns receios que existiam inicialmente, quando foi criado este órgão, não se concretizaram, antes pelo contrário", apontou.

O presidente executivo da Altice Portugal reiterou ainda que o acordo é "histórico e inédito" e que deve contribuir para a motivação dos colaboradores e para que a empresa possa continuar focada na liderança de mercado.

"Hoje podemos dizer que temos estabilidade laboral, paz social e diálogo dentro da Altice Portugal", salientou.

Segundo a empresa, além dos aumentos salariais, o acordo também integra outros pontos como a atribuição de um dia extraordinário de férias de acordo com assiduidade; o reforço da protecção da parentalidade, da conciliação entre a vida pessoal e profissional e de medidas de responsabilidade social; a criação de condições mais atractivas em determinados regimes de trabalho caracterizados por penosidade acrescida, bem como melhores condições de acesso à reforma e a revisão dos benefícios de comunicações concedidos.