Everything Everything, Moullinex e Sevdaliza no Vodafone Mexefest

O festival que ocupará a zona da Avenida da Liberdade, em Lisboa, a 24 e 25 de Novembro, tem novas confirmações.

Moullinex apresentará no festival o seu álbum mais recente, <i>Hypersex</i>
Foto
Moullinex apresentará no festival o seu álbum mais recente, Hypersex DR

O cartaz já estava bem preenchido com Destroyer, Julia Holter, Orelha Negra, Allen Halloween ou Cigarettes After Sex. Entretanto mais preenchido ficou com o anúncio de novas seis actuações: Everything Everything, Moullinex, Benjamim / Barnaby Keen, Sevdaliza, Mahalia e Paulo Bragança marcarão presença  no próximo Vodafone Mexefest, que ocupará a Avenida da Liberdade, em Lisboa, nos dias 24 e 25 de Novembro.

O festival que se distribui por diversas salas e espaços daquela artéria nobre da cidade, das Portas de Santo Antão ao Parque Mayer e à Estação do Rossio, aposta agora numa banda britânica que vem fazendo o seu caminho no circuito independente através de uma música que procura novos caminhos no rock, na electrónica, numa ideia progressiva de pop. Nascidos em Manchester há cerca de uma década, chamam-se Everything Everything e apresentarão em Lisboa o seu quarto álbum, A Fever Dream, editado em Agosto. Também de Inglaterra chega Mahalia Burkmar, cantautora que deu os seus primeiros passos na música bem cedo – assinou pela Asylum Records com 13 anos – e que se estreia agora em álbum, aos 20, com Diary of Me. Da Holanda chegará Sevdaliza, nascida no Irão mas habitante daquele país europeu desde os cinco anos. Não podemos classificá-la como cantautora, mas é da sua voz que se fazem as canções de Ison, o álbum que editou depois de se apresentar em dois EP e onde se ouve música onde são protagonistas os sons saturados do trip-hop e linguagens electrónicas posteriores.

O Vodafone Mexefest servirá também como ponto de paragem para Moullinex, que nele mostrará Hypersex, o álbum que acaba de editar e que é viva homenagem à música de dança electrónica e à cultura dos clubes e das pistas onde sons e corpos se encontram. Será também no Mexefest que voltaremos a encontrar Paulo Bragança, nesta segunda vida do cantor que deu a volta ao fado, na década de 1990, com álbuns como Notas Sobre a Alma e Amai. Também confirmada está a apresentação da parceria Benjamim e Barnaby Keen. O primeiro é o músico português anteriormente conhecido como Walter Benjamin, autor do celebrado Auto Rádio (2015), o segundo é o músico britânico (assina como Fying Ibex e integra o colectivo Electric Jalaaba) que Benjamim conheceu durante o tempo em que viveu em Londres. Juntos, editaram este ano 1986.

Além dos já citados, o Vodafone Mexefest já tem confirmados Liars, Manel Cruz, Valete, Washed Out, Childhood, Momo, Songhoy Blues e Hinds, entre outros.