"Alta tecnologia, excelente técnica", escreve Suzy Menkes sobre Portugal

A influente editora que escreve para várias publicações da Condé Nast publicou um artigo sobre a moda portuguesa.

Suzy Menkes com o criador Dino Alves, no seu atelier
Foto
Suzy Menkes com o criador Dino Alves, no seu atelier Instagram, @suzymenkesvogue

Suzy Menkes tem estado atenta ao que se passa na moda portuguesa. A influente editora, que escreve para várias edições internacionais da Vogue, acaba de publicar um artigo sobre tudo aquilo que conheceu nas últimas semanas.

O interesse surge a propósito da Condé Nast International Luxury Conference, que em Abril do próximo ano se realiza em Lisboa, no Pátio da Galé. Lisboa "é o sítio que está a dar no momento. É onde todos querem estar, é onde há coisas entusiasmantes a acontecer”, contou Menkes ao PÚBLICO, durante a sua passagem pela cidade.

A visita veio a propósito da festa da inauguração Vogue, sob a tutela de um novo grupo editorial, a Lighthouse. A editora aproveitou para conhecer as propostas dos criadores portugueses na ModaLisboa. Ainda teve tempo para visitar os espaços de trabalho de três deles: Lidija Kolovrat, Dino Alves e David Ferreira. Escreve sobre a experiência: viu "mais dos tecidos coloridos e fabricados de forma especial de perto na boutique [de Lidija Kolovrat]"; falou com Dino Alves sobre "o seu background em teatro e treino em cinema português"; e conheceu de perto a "colecção de vestidos de contos de fadas" de David Ferreira. 

Menkes passou também pelo atelier de Alexandra Moura – um encontro que tinha sido combinado já em Londres, quando a editora visitou uma open house de marcas portuguesas, na residência oficial da embaixada de Portugal. "Apresentou-me dois lados da sua visão: delicado trabalho manual num casaco em tom de creme, decorado de forma única com bordados subtis e uma colecção simplificada de roupa com laços elegantes", conta.

Menkes ficou impressionada com a colecção apresentada pela Awaytomars – uma marca de roupa que funciona em regime de co-criação, através de crowdsourcing e crowdfunding.

Escreveu ainda sobre o interesse em explorar a ligação com as ex-colónias portuguesas como Angola, Brasil e Moçambique, já que, como comentou ao PÚBLICO, "obviamente entraram nas artes [de Portugal] ao longo dos anos".

A editora regressa a Portugal em Novembro, para participar no Web Summit.

P24 O seu Público em -- -- minutos

-/-

Apoiado por BMW
Mais recomendações