Rajoy não deixará que declaração de independência "se traduza em alguma coisa"

Rajoy deu uma entrevista ao El País. Puigdemont falou à televisão catalã para dizer que “a chave para resolver o conflito é a autodeterminação”.

Mariano Rajoy pede aos catalães que se afastem dos "extremistas radicais"
Foto
Mariano Rajoy pede aos catalães que se afastem dos "extremistas radicais" Angel Diaz/EPA

Numa entrevista ao jornal El País, o chefe do Governo espanhol Mariano Rajoy, disse que "vai impedir que qualquer declaração de independência se traduza em alguma coisa".

"Espanha vai continua ser Espanha e vai continuar a sê-lo durante muito tempo", disse.

O presidente do executivo (do Partido Popular, de direita), deu a entrevista três dias antes de o presidente do governo autónomo catalão, Carles Puigdemont, falar no parlamento de Barcelona. Não se sabe qual será a sua agenda – perante a possibilidade de ser declarada a independência, o Tribunal Constitucional suspendeu a sessão do parlamento de Barcelona marcada para segunda-feira. Puigdemont pediu então uma sessão para terça. 

Na entrevista, Rajoy pediu ao "catalanismo pacifista e moderado" que volte a afastar-se de "extremistas radicais e da CUP".

Numa entrevista à TV3 catalã, Carles Puigdemont defendeu que “a chave para resolver o conflito é a autodeterminação”.

 

P24 O seu Público em -- -- minutos

-/-

Apoiado por BMW
Mais recomendações