RTP longe da bola, SIC e TVI divididas por três palcos

Só RTP leva a as autárquicas pela noite dentro no canal generalista. SIC e TVI “fecham” o tema às 22h, mas prolongam no cabo... divididas entre autárquicas, futebol e Catalunha.

Foto
Nuno Ferreira Santos

A RTP vai ser a única estação de televisão generalista que vai prolongar o acompanhamento das eleições autárquicas ao longo de toda a noite. SIC e TVI começam a cobertura pouco antes das 20h, mas fecham às 22h retomando a programação habitual. Estes dois canais continuam a acompanhar o evoluir dos resultados das autárquicas nos seus canais por cabo.

Vai ser uma noite especial para todos os órgãos de comunicação social, já que há três palcos de grande relevo: as autárquicas portuguesas, o polémico referendo da Catalunha e os jogos da I Liga de Futebol, com um Sporting-Porto, a começar às 19h30 e um Marítimo-Benfica, com início às 21h30. Os responsáveis pelos três canais prometem atenção premente aos três palcos, mas o canal público olhará menos para a bola e mais para as autárquicas e Espanha.

A RTP optou por nem sequer ter comentário desportivo - nem em sinal aberto, nem no cabo. A emissão, disse ao PÚBLICO o director da RTP, começa às 18h na RTP3, arrancando um simultâneo com o primeiro canal logo meia-hora depois.

Daí segue em directo até 23h00 nos dois canais - continuando daí em diante “até que se justifique”. Pelo meio, sim, haverá resumos dos jogos, breves. “Mas sobretudo com atenção situação na Catalunha”, Paulo Dentinho explica a opção assim: "O serviço público privilegia os destinos do país e os grandes acontecimentos do mundo. Não deixaremos de dar as notícias sobre os jogos, mas não mais do que isso”.

Os jornalistas José Rodrigues dos Santos, João Adelino Faria, Carlos Daniel e Cristina Esteves serão os pivôs do canal. Como comentadores terão Augusto Santos Silva, Miguel Poiares Maduro, Pedro Mota Soares, João Oliveira, José Manuel Pureza e politólogo Pedro Magalhães, que fará a análise dos resultados, entre outros.

Bernardo Ferrão, subdirector de informação da SIC, diz que o canal terá uma “atenção muito especial” aos três acontecimentos, intercalando os três temas ao longo da emissão, com os jornalistas enviados da Catalunha a entrarem em directo sempre que se justifique.

A emissão arranca na SICN às 19h, prolongando ao longo na noite e terminando já perto das 2h de segunda-feira, altura em que acaba um Eixo do Mal especial. Vai ter comentários ao jogos de futebol. Já na SIC, o especial de informação tem início pouco antes das 20h e segue até às 22h.

Clara de Sousa, Rodrigo Guedes de Carvalho e Pedro Mourinho serão os pivôs do canal. Entre os comentadores convidados vão estar Pedro santana Lopes, António Vitorino, Francisco Louça, Pacheco Pereira, Jorge Coelho e Miguel Sousa Tavares e Marques Mendes, entre outros.

A TVI ainda não tinha fechado ontem os horários de emissão, mas, segundo o PÚBLICO apurou, no canal generalista a emissão deverá ser lançada às 20h não se prolongando, como é habitual, muito além das 22h. Já na TVI24 o acompanhamento dos três acontecimentos começa a meio da tarde e prolonga-se ao longo da noite, incluindo os comentários aos jogos de futebol.

Judite de Sousa, José Alberto Carvalho e Pedro Pinto serão os jornalistas a conduzir a emissão da TVI. Já entre os comentadores vão estar, entre outros, Manuela Ferreira Leite, José Luís Júdice, Paulo Rangel, Pedro Silva Pereira e Marisa Matias. A jornalista Constança Cunha e Sá também comentará a noite eleitoral. Na TVI24 haverá comentários aos jogos de futebol.

Os três canais vão lançar às 20h várias sondagens sobre a eleições nos concelhos mais importantes do país e nos onde há mais incertezas nos resultados.