“De coração partido”: celebridades partilharam um adeus a Chester Bennington

As reacções de tristeza nas redes sociais surgiram pouco depois da “trágica” notícia da morte do vocalista dos Linkin Park.

Foto
Chester Bennington fazia parte dos Linkin Park desde 1999 NUNO FERREIRA SANTOS/ARQUIVO

A notícia de que tinha morrido Chester Bennington, vocalista da banda norte-americana Linkin Park, fez com que várias figuras públicas partilhassem nesta quinta-feira mensagens de condolências ao cantor. A morte de Bennington foi confirmada por um médico legista, que menciona um “aparente suicídio”, tendo um dos membros fundadores da banda, Mike Shinoda, admitido que tudo era “verdade” e que se encontrava “chocado e de coração partido”.

A banda One Republic partilhou duas mensagens no Twitter em que referem que “o suicídio é o diabo que caminha por entre nós na Terra”. “O Chester tinha seis filhos. Se há por aí alguém que acredita que o mundo está melhor sem vocês: estão indescritivelmente errados em todos os níveis. Procurem ajuda, por favor”, dizem noutra mensagem.

O apresentador norte-americano Jimmy Kimmel escreveu no Twitter que o vocalista “era um dos homens mais bondosos que já estivera” no seu programa, admitindo que o seu “coração está partido” pela família e amigos do cantor.

No Instagram, a cantora Rihanna partilhou uma Fotografia de Chester Bennington, com vários emojis a expressarem tristeza, escrevendo que o vocalista dos Linkin Park era “literalmente o talento mais impressionante” que já tinha visto ao vivo, considerando-o uma “fera vocal”.

A actriz Ashley Greene, que fez parte da saga Crepúsculo, afirmou estar triste pela morte de Chester Bennington, adiantando estar “de coração partido”, que parece ser o estado de espírito geral. A banda Imagine Dragons partilha o sentimento do acontecimento que os deixou “sem palavras”.

O apresentador Ryan Seacrest diz tratar-se de uma “perda trágica”. O rapper Timbaland partilhou também uma mensagem de apoio à família e amigos de Chester Bennington.

O CEO Cameron Strang da Warner Bros. Records, companhia discográfica que tinha contrato com a banda, partilhou um comunicado no Twitter em que caracterizava Bennington como “um artista de talento e carisma extraordinários, um ser humano com um coração enorme e uma alma ternurenta”.

"Quando pensava que o meu coração não podia partir mais..." escreveu no Twitter Vicky Cornell, mulher de Chris Cornell, cantor dos Soundgarden e dos Audioslave que se suicidou em Maio, numa mensagem dirigida ao vocalista dos Linkin Park,