Um debate sobre igualdade com aquela que foi a primeira negra numa escola de brancos

Em Setembro, a Fundação Francisco Manuel dos Santos pergunta "em que pé está a igualdade". Respondem, entre outros, Ruby Bridges, Richard Zimler, Branko Milanovic ou o Governo Sombra.

Foto
Em 1960, Ruby Bridges foi a primeira criança negra numa escola de brancos no sul dos EUA DR/U.S. Marshals Service

A questão está virada para os dias de hoje: “Em que pé está a igualdade?”. A resposta será debatida num ciclo de conferências a 30 de Setembro, no encontro de 2017 da Fundação Francisco Manuel dos Santos (FFMS), no Teatro Nacional de São Carlos, em Lisboa, cuja sessão de encerramento será protagonizada por Ruby Bridges, a activista norte-americana com longos créditos no tema: foi a primeira criança negra a frequentar uma escola de brancos, nos anos 60.

Num dia dedicado à troca de ideias, com tempo para debate, o sétimo encontro da FFMS vai focar três temas: a globalização e a tecnologia; a identidade em conflito com igualdade e, por fim, a perpetuação das desigualdades.

A história de Bridges, a convidada especial, que inspirou até um filme produzido pela Disney em 1998, é um exemplo vivo dos temas da conferência. A 14 de Novembro de 1960, inscreveu-se na William Frantz Elementary, uma escola no sul dos Estados Unidos da América frequentada, até então, unicamente por brancos.

Desde essa altura, Bridges tem criado pontes entre cidadãos, tornando-se num ícone dos direitos civis americanos e da luta pela igualdade, sobretudo no que toca à educação de crianças. Citada no programa da fundação, Bridges, agora com 62 anos, acredita que “o racismo é uma doença em fase avançada” e que não se deve usar crianças para a disseminar.

Para além da activista norte-americana, o debate contará com outros nomes da literatura, economia, política ou filosofia: o escritor Richard Zimler, a economista Ana Rute Cardoso, o escritor Gonçalo M. Tavares, o economista Branko Milanovic, o autor Richard Baldwin ou ainda o historiador Gregory Clark.

Outra novidade será uma sessão especial do Governo Sombra – um programa de debate semanal com Ricardo Araújo Pereira, Pedro Mexia e João Miguel Tavares, moderado por Carlos Vaz Marques – que decorrerá das 19h às 20h.

Os bilhetes para o encontro, que começa às 10h e termina às 20h, estão à venda desde domingo na loja online da fundação: o preço é de cinco euros para estudantes e de 20 para os restantes – e todos incluem almoço. O programa completo pode ser consultado no site da Fundação Francisco Manuel dos Santos

No dia 30 de Setembro terá lugar mais um Encontro da Fundação. O Teatro Nacional de São Carlos, emblemático espaço...

Posted by Fundação Francisco Manuel dos Santos on Thursday, 8 June 2017