Judiciária de Braga investiga queixa de estudante filmada seminua

Episódio passou-se também durante a semana dos festejos académicos, tendo aluna garantido que não autorizou divulgação de vídeo.

Hugo Delgado / nFACTOS
Foto
Hugo Delgado / nFACTOS

A Polícia Judiciária está a investigar o caso de uma estudante da Universidade do Minho que se queixou da publicação na Internet de um vídeo em que aparece seminua durante a semana académica, em Braga.

Fonte da Judiciária de Braga disse que a aluna alegou que não sabia que estava a ser filmada e que não autorizou a divulgação do vídeo. Os autores do vídeo podem incorrer num crime de gravações e fotografias ilícitas, acrescentou a mesma fonte de informação.

No Porto, a mesma polícia está a tentar apurar os contornos de um episódio passado também durante a Queima das Fitas durante o qual uma jovem foi filmada no interior de um autocarro em que seguia com os colegas. Existem suspeitas de que tenha sido alvo de abuso sexual.