Dramaturgo Peter Shaffer morre aos 90 anos

O dramaturgo britânico, vencedor de um Óscar por Amadeus, morreu na madrugada desta segunda-feira na Irlanda.

Foto
dr

Peter Shaffer, dramaturgo e argumentista britânico, morreu na madrugada desta segunda-feira aos 90 anos, no Marymount Hospice, um centro de cuidados paliativos em County Cork, na Irlanda. Não foi divulgada a causa da morte pelo seu agente.

O dramaturgo, que ganhou um Óscar pela adaptação cinematográfica de Amadeus e foi autor de sucessos da Broadway e do West End, como Equus e The Royal Hunt of the Sun, estava naquele país a visitar a família e a comemorar o seu aniversário, tendo adoecido a semana passada.

Em Inglaterra, o National Theatre serviu de palco a várias das suas peças e estreou em 1979 Amadeus, espectáculo que foi transferido para a Broadway em 1980, onde ficou em cena durante três anos e ganhou o Tony para "Melhor Peça". Posteriormente, em 1984, foi adaptada ao cinema pelo realizador Milos Forman e levou oito Óscars para casa em 1985, incluindo o de "Melhor Filme" e o de "Melhor Argumento".

Mais recentemente voltou a ser recuperada e abriu o Festival de Teatro de Chihester, em 2014. Também o National Theatre voltará a receber este drama psicológico sobre a relação entre Mozart e o compositor Salieri, seu admirador e rival, a partir de Outubro.

O agente do dramaturgo refere ao The Guardian que Peter Shaffer estava feliz com este regresso de Amadeus  a um palco, para onde a peça foi originalmente escrita. Por sua vez, o director do teatro nacional Rufus Norris diz ao mesmo jornal britânico que “o National Theatre teve muita sorte em manter uma relação tão frutífera e criativa" com Shaffer e que as peças que este lhes deixou "são um legado duradouro.”

Outro dos seus êxitos foi Equus, peça de 1973 sobre um psiquiatra que tenta tratar um jovem obsessivamente fascinado por cavalos. Valeu-lhe uma nomeação para “Melhor argumento” no filme que a adaptou ao cinema, em 1977. Equus voltou ao palco em 2007 protagonizada por Daniel Radcliffe, no primeiro grande papel da estrela de Harry Potter no teatro.

Shaffer iniciou a sua carreira profissional com The Royal Hunt of the Sun, em 1964, na companhia que viria a ser o National Theatre. Seguiu-se a peça Black Comedy, em 1965, com nomes como Maggie Smith, Derek Jacobi e Albert Finney no elenco. O dramaturgo deixa, no seu repertório, mais de 18 peças, vários prémios -  entre os quais um Óscar e um Globo de Ouro -  e o seu nome gravado no American Theater Hall of Fame, desde 2007.