Facebook vai permitir transferências de dinheiro através do Messenger

Nova funcionalidade chega dentro de poucos meses e inicialmente apenas para os utilizadores nos Estados Unidos.

Foto
Imagem da funcionalidade através do Messenger Facebook

Dentro de poucos meses, e inicialmente apenas nos Estados Unidos, os utilizadores do Facebook vão poder enviar e receber dinheiro através de uma actualização da aplicação do Messenger, de forma gratuita. A nova função ficará disponível para iOS, Android e versão desktop.

Com cerca de 500 milhões de utilizadores, o Messenger entra no grupo de novidades do que se aproxima mais dos serviços de carteiras digitais. O processo de adesão às transferências é simples. Para quem quer enviar dinheiro basta iniciar uma conversação com um amigo pelo Messenger, carregar no ícone de dinheiro ($) e inserir o valor que se pretende transferir. Acciona-se o botão Pay (pagar) e adiciona-se o cartão Visa ou Mastercard, a partir do qual será feito o pagamento. Para receber, é necessário, mais uma vez, iniciar uma conversa com outro utilizador, clicar em Add Card (adicionar cartão) e adicionar o cartão para qual será feito o valor da transferência.

Para reforçar a segurança destas transacções, o Facebook disponibiliza uma opção para o utilizador criar um PIN que deverá introduzir para finalizar quer a operação de envio como de recepção de dinheiro. Nos aparelhos com sistema iOS pode ainda accionar-se o Touch ID.

O Facebook explica numa nota divulgada ao final do dia de terça-feira que a funcionalidade está disponível apenas para ser usada entre amigos e não pode ser utilizada para fins de negócio. Segundo a empresa, o dinheiro enviado é transferido de imediato. “Pode demorar entre um a três dias úteis para o dinheiro ficar disponível, dependendo do banco, tal como acontece com outros depósitos”, alerta a rede social.

A nova funcionalidade ficará disponível nos próximos meses nos Estados Unidos, não havendo ainda indicação de quando poderá ser usada por utilizadores noutros países.

Segundo números do Facebook, a rede social processa mais de um milhão de transacções no seu site todos os dias iniciadas por utilizadores que jogam online e através de anunciantes, uma possibilidade que existe desde 2007. Com a nova funcionalidade, o Facebook pode chegar ao topo das aplicações móveis para troca de mensagens. 

A funcionalidade de pagamento do Facebook é semelhante a outras aplicações móveis que já existem no mercado, como a Venmo, do PayPal, a Square Cash ou a SnapCash, que permitem pagamentos directos, sem a necessidade das clássicas transferências bancárias online ou em caixas Multibanco.

Esta não é a primeira vez que o Facebook entra na área de pagamentos. Em 2009, lançou a Facebook Credits, a sua moeda virtual, destinada a pagamentos de jogos e outros produtos virtuais. A partir de 2012, a moeda virtual foi substituída pelo Facebook Payments, que tal como o nome indica é um sistema usado para pagamentos.