Presidente convida socialistas a fazerem o “trabalho de casa” antes de falarem sobre eleições

Presidente critica “alguns” políticos que falam sobre os assuntos sem os estudarem. E recusa ir contra a lei – que outros parecem desconhecer – para marcar eleições.

Cavaco passou o dia no Alentejo
Foto
Cavaco passou o dia no Alentejo Daniel Rocha

Apesar da entrevista que deu no sábado em que garantiu que as legislativas de 2015 serão no Outono, o Presidente da República não acalmou as críticas à esquerda. Por isso, agora aconselha "alguns políticos” a “fazerem o trabalho de casa” e a “estudarem primeiro” os assuntos antes de falarem publicamente sobre eles.

O recado vai direitinho para PS, PCP e Verdes, que fizeram aprovar a lei eleitoral e 1999 contra a vontade de PSD e CDS-PP mas que parecem ter esquecido ou parecem mesmo não saber da história mas também não se informam antes de falar. Sem nunca nomear ninguém, Cavaco Silva deu o recado todo.

“Há momentos em que é importante lembrar a alguns políticos que quando falam de certos assuntos devem estudá-los primeiro. Devem estudar o que diz a Constituição, o que dizem as leis, como é que as leis foram aprovadas, como é que esses assuntos são tratados nos países da Europa comunitária”, criticou, com ar didáctico o Presidente.

“E eu notei, por algumas declarações que foram feitas, que alguns políticos até nem sabiam que a lei que tinha aprovado em 1999 a data das eleições tinha sido imposta pelo PS, com o PCP e com o partido Os verdes, contra a opinião do PSD e do CDS-PP. É bom fazerem o trabalho de casa de vez em quando”, aconselhou Cavaco Silva.

Questionado sobre o facto de os sociais-democratas terem então discordado da lei e sobre se também não concorda com o período de Setembro/Outubro para as legislativas, o chefe do Estado escapou à resposta e devolveu com uma pergunta. “Queria que um Presidente da República não cumprisse a lei?”

De seguida, Cavaco Silva rematou: “Parece-me que há aqui alguns políticos que não conhecem o artigo 133 da constituição. Sabe o que diz? O Presidente da República tem que fixar a data das eleições de acordo com a lei eleitoral. Está escrito, eu fiquei com a ideia de que alguns políticos não tinham lido esse artigo 133. Convido-os a fazerem o trabalho de casa.”