PÚBLICO tem o jornal e o site mais bem desenhados da Península Ibérica

Os prémios ÑH Design distinguiram o diário português com 19 galardões.

Fotogaleria
A melhor primeira página do ano para o júri do ÑH Design DR
Fotogaleria
Bronze para a primeira página do suplemento especial dedicado a Mandela DR
Fotogaleria
Primeira página distinguida com prémio de bronze DR
Fotogaleria
Primeira página distinguida com prémio de bronze DR
Fotogaleria
Prémio de bronze para o Ípsilon de 8 de Agosto DR
Fotogaleria
Primeira página da Fugas, ilustração de Bernardo P. Carvalho, distinguida com prémio de bronze DR
Fotogaleria
O filme deste ano, ilustração de João Fazenda, ganhou prémio de bronze DR

Os mais relevantes prémios ibéricos de design jornalístico, os ÑH Design, distinguiram duplamente o PÚBLICO na sua principal categoria. O diário português foi considerado o jornal mais bem desenhado da península, tanto em papel como online. O PÚBLICO tinha ganho estes prémios em anos anteriores, mas é a primeira vez que os vence em simultâneo.

A competir com os jornais de grande alcance – incluindo publicações tão fortes como El País e El Mundo –, o PÚBLICO deixou para trás a concorrência e arrecadou um total de 19 prémios. Entre eles encontram-se quatro galardões de ouro – melhor primeira página do ano (1918-2013 Mandela), melhor especial multimédia (As linhas da liberdade), inovação em vídeo (O Brasil é) e inovação em trabalho multimédia (Casa do Vapor – um dia a casa virá abaixo).

O PÚBLICO foi distinguido pelas primeiras páginas Eusébio 1942-2014 e Adeus, troika (bronze para ambas), pelas infografias Mortes causadas pelo tabaco diminuíram desde a entrada em vigor da nova lei (prata) e Praias 2014: ouro sobre azul (bronze), pelo portefólio de reportagem em infografia (prata) e pela ilustração O filme deste ano (bronze).

PÚBLICO -
Foto
Detalhe do trabalho especial multimédia As Linhas da Liberdade DR

O painel de jurados que analisou os periódicos em papel premiou ainda os suplementos do PÚBLICO com outros três galardões de bronze – pela página da Fugas dedicada ao Dia Mundial da Criança, por todo o Ípsilon de 8 de Agosto (com FKA twigs em destaque) e pela primeira página do suplemento especial dedicado a Nelson Mandela de 6 de Dezembro de 2013.

O júri responsável por avaliar as publicações online distinguiu, por sua vez, o design das reportagens Um mergulho na rua das portas de Santo Antão (prata) e Portugueses nos campos de concentração (bronze), e ainda a inovação conseguida com o vídeo Vizinhos do turismo (bronze) e com o trabalho multimédia 80 anos de Verão (prata). Além das medalhas de ouro.

Ao todo foi avaliado o design de 52 órgãos de informação – 41 espanhóis e 11 portugueses. Destes últimos, o Expresso (13 prémios), o jornal i (sete), a revista Sábado (cinco), o Jornal de Notícias (três) e o desportivo O Jogo (dois) também saíram vencedores da 11.ª edição dos ÑH Design, cujos resultados foram divulgados nesta sexta-feira.

PÚBLICO -
Foto
Captura de ecrã de Casa do Vapor, trabalho reconhecido com ouro em inovação multimédia DR

Sugerir correcção