Empreiteiro dispara contra cobertura de bomba de gasolina no Porto

O homem reclamava o pagamento, pela empresa responsável pelo posto de abastecimento de combustível, de uma alegada dívida de 35 mil euros. Foi detido pela PSP.

Um homem com cerca de 45 anos disparou, nesta sexta-feira, contra a cobertura de um posto de abastecimento de combustíveis na Estrada da Circunvalação, no Porto. O incidente provocou apenas dados materiais e o atirador foi detido pela PSP.

Segundo fonte policial, o detido é um empreiteiro que interveio na construção do posto de abastecimento de combustíveis e que alega que a empresa responsável pela exploração do mesmo lhe ficou a dever 35 mil euros. O alerta chegou à PSP pouco depois das 19h15.

O empreiteiro não ofereceu resistência à detenção e, de acordo com a mesma fonte, tem assumido uma atitude de cooperação, insistindo que pretendia "apenas" cobrar uma dívida. O posto de abastecimento em causa vai comercializar combustíveis da marca Prio e situa-se no sentido poente-nascente da Estrada da Circunvalação.

A caçadeira que o detido utilizou para disparar um tiro para o ar, atingindo a cobertura do posto de abastecimento, está em situação legal, apesar de ter sido utilizada “em condições não permitidas”. Já na esquadra de Matosinhos, aonde foi conduzido, o indivíduo referiu ter mais armas em casa, por ser caçador. A PSP está a avaliar a necessidade de as apreender, desconhecendo ainda se as poderá examinar com a autorização do detido ou se precisará, para tal, de um mandato judicial.