Foto

Maria do Céu vai escalar o Everest para manter escola no Bangladesh

Nasceu em Portugal, vive no Dubai e ajuda crianças do Bangladesh. Agora quer subir ao topo do Everest para chamar a atenção para uma causa que defende desde 2005: a de "quebrar o ciclo de pobreza" em Daca

Maria do Céu da Conceição é, desde ontem, a primeira portuguesa a tentar subir ao monte Everest, a montanha mais alta do mundo, com 8848 metros de altitude. A expedição deverá durar até meados de Maio e tem um objectivo: conseguir mais apoios para a Fundação Maria Cristina , que ajuda famílias carenciadas no Bangladesh.

"Escalar montanhas pareceu-lhe uma escolha natural para conseguir chamar a atenção das pessoas para a fundação e para esta causa, e também para as motivar a doar fundos para crianças desfavorecidas", disse ao PÚBLICO o responsável de comunicação da campanha, Joshua Mathias. Maria da Conceição chamou ao desafio Million Dollar Baby Everest - quer angariar desta maneira um milhão de dólares (cerca de 800 mil euros).

Sediada no Dubai, a Fundação Maria Cristina funciona desde 2010 e pretende atenuar a situação de pobreza que existe no Bangladesh. As iniciativas da instituição de assistência social estão sobretudo ligadas à educação e uma das formas de facilitar o acesso de crianças ao ensino consiste em levá-las para o Dubai, onde completam a escola primária ou secundária, ao mesmo tempo que são inseridas numa família de acolhimento.

"A Maria planeia juntar donativos de empresas patrocinadoras e de quem queira ajudar individualmente. O casaco dela, as bandeiras e tendas foram desenhados de maneira a evidenciar os logótipos dos patrocinadores", adianta o responsável pela comunicação da campanha. O dinheiro que conseguir juntar será usado para manter em funcionamento a escola que abriu no Bangladesh. "Esta expedição é diferente das outras iniciativas devido ao número de riscos envolvidos. A Maria vai enfrentar imensos perigos durante a subida", acrescenta Joshua Mathias.

Lê o artigo completo aqui