Cândida Almeida recusa comentar possibilidade de ser Procuradora-Geral da República

Foto
Cândida Almeida considerou "incómodo" falar sobre a possibilidade de substituir o PGR Rui Gaudêncio

"Não vou responder a isso, parece que me estou a oferecer", disse Cândida Almeida quando questionada pelos jornalistas sobre a sua disponibilidade para a função. A directora do Departamento de Investigação e Acção Penal falava à chegada a Castelo de Vide, onde vai ser oradora num jantar-conferência no âmbito da Universidade de Verão do PSD.

Cândida Almeida remeteu qualquer iniciativa para um convite para os decisores, mostrando que é "incómodo" falar sobre o assunto e que está "onde quer".

O actual Procurador-Geral da República sairá do cargo em Outubro por atingir 70 anos e ter de se reformar.