Em 2010, turismo representou 14 por cento das exportações

Receitas turísticas crescem 8,8 por cento no primeiro semestre

Em Junho, os turistas estrangeiros deixaram em Portugal 660 milhões de euros
Foto
Em Junho, os turistas estrangeiros deixaram em Portugal 660 milhões de euros Foto: Ricardo Silva

As receitas do sector do turismo totalizaram 3.246 milhões de euros no primeiro semestre deste ano, um valor que representa um crescimento de 263 milhões de euros face ao no mesmo período de 2010 e um novo recorde.

De acordo com um comunicado do Turismo de Portugal, que cita dados do Banco de Portugal, “estes valores configuram o melhor primeiro semestre registado até agora em termos de receitas, ao superar o recorde de 2008, que tinha sido de 3.139 milhões de euros”.

No mês de Junho, os turistas estrangeiros deixaram em Portugal 660 milhões de euros, uma subida de 10,3 por cento em relação a 2010, o que representa o “melhor junho de sempre”.

O anterior recorde de receitas em Junho tinha sido alcançado em 2004, durante o Euro 2004, quando as receitas totalizaram 632 milhões de euros.

“Os resultados do primeiro semestre de 2011 reforçaram em 15,4 por cento o saldo positivo da balança turística - que também atingiu um recorde de 1.754 milhões de euros -, prosseguindo desta forma o contributo crescente do sector turístico para a economia nacional e o equilíbrio das contas externas”, salienta o Turismo de Portugal.

França, Reino Unido e Brasil foram os mercados com os maiores contributos absolutos nos primeiros seis meses.

Em Junho, o Brasil cresceu 40,5 por cento, os Estados Unidos 22,1 por cento, a França 14,2 por cento, a Bélgica 15 por cento e a Alemanha 10,5 por cento.

Em 2010, o turismo representou 14 por cento das exportações de bens e serviços e 43,3 por cento das receitas de exportações de serviços, segundo o Turismo de Portugal.