Fuga já dura há 46 dias

BP já está a recolher crude do poço no Golfo do México

A BP estará a recuperar mil barris
Foto
A BP estará a recuperar mil barris

A BP já está a recolher num navio à superfície parte do crude que, há 46 dias, está a ser libertado por uma fuga de um poço petrolífero no Golfo do México.

Segundo Thad Allen, da Guarda Costeira norte-americana, as primeiras estimativas indicam que estão a ser recolhidos cerca de mil dos 19 mil barris libertados diariamente.

Hoje, a BP anunciou que conseguiu instalar sobre a fuga, a 1500 metros de profundidade, uma cúpula de confinamento para conduzir o crude e o gás libertados para a superfície, através de uma grande mangueira.

Apesar deste primeiro sucesso depois de várias tentativas falhadas, as autoridades norte-americanas apresentam-se cautelosas. Tanto mais que a empresa britânica admite que só conseguirá estancar a fuga, de forma definitiva, em Agosto, quando os dois poços de apoio que estão a ser perfurados desde o início de Maio estiverem concluídos.

A quantidade de crude recuperado pela BP deverá aumentar, admitiu Thad Allen aos jornalistas numa conferência de imprensa. Anteriormente, o chefe das operações da BP, Doug Suttles, disse que a cúpula de confinamento deverá capturar até 90 por cento do crude.