Oliveira Costa diz que se não fosse a "Biometrics" não haveria investigação à SLN/BPN

A afirmação foi realizada no período de perguntas e respostas que está a decorrer.

Em causa está o negócio promovido por Dias Loureiro e que contou do lado vendedor com o libanês Al Assir. "Se depois não aparecesse o raio do negócio da Biometrics, hoje não estaríamos aqui", concluiu Oliveira Costa.