E se fosse proibido morrer?

O primeiro conto do livro A Cadeira Que Queria Ser Sofá fala de um rei, Peloponeso, que proibiu a morte por não suportar o desgosto de ter perdido a filha. A uma proibição absurda seguem-se sempre outras e é disto que também fala “Espanto feliz”, que aqui se pode escutar pela voz do autor, Clovis Levi.

Brasileiro, professor de teatro e autor de temas polémicos para a infância e juventude, veio a Portugal participar no 2.º Encontro de Literatura Infanto-Juvenil da Lusofonia. As imagens de Ana Biscaia para A Cadeira Que Queria Ser Sofá venceram o Prémio Nacional de Ilustração relativo a 2012. Este é mais um vídeo de Vera Moutinho, integrado no projecto Livros para Escutar do blogue Letra pequena.

Comentários

Os comentários a este artigo estão fechados. Saiba porquê.