A confirmar-se previsão do FMI, Portugal poderá chegar ao final do ano com um crescimento de 2,5%.

  • A confirmar-se previsão do FMI, Portugal poderá chegar ao final do ano com um crescimento de 2,5%.

  • Até Agosto, Portugal deverá fazer o pagamento de mais 2600 milhões de euros relativos à ajuda financeira dada durante o período de assistência internacional.

  • No relatório sobre a última visita que fez a Portugal, o Fundo Monetário Internacional elogia as medidas para estabilizar a banca. Mas insiste que é preciso resolver o problema do malparado e mantém pressão para avançar com reformas estruturais. Défice de 1,5% atingido "confortavelmente".

  • Procuradoria-Geral da República publicou comunicado sobre a investigação feita pela consultora internacional Kroll.

  • Os Governos de Sócrates e Passos não só tinham margem de manobra negocial com os credores internacionais, como obtiveram com a crise um pretexto para aprovar medidas impopulares. Estas são algumas das conclusões de um estudo de dois investigadores da Universidade Nova.

  • Entre 2001 a 2015, Portugal só não esteve em situação de défice excessivo em dois anos: 2004 e 2008.

  • "Enviei o pedido de Portugal ao Parlamento alemão, que tem de o aprovar, mas estou certo de que não haverá nenhum problema", disse o ministro alemão, sobre o pagamento antecipado ao FMI.