Al Gore, Bill Gates e Hillary Clinton estão este domingo no Dubai

O dia dedicado à saúde da COP28 atrai vários protagonistas, incluindo o filantropo Bill Gates, que se espera que se junte aos Emirados Árabes Unidos no lançamento de uma iniciativa de saúde climática.

cop28,azul,eua,nacoes-unidas,clima,alteracoes-climaticas,
Fotogaleria
Al Gore, ex-vice-presidente dos Estados Unidos discursa durante a COP28, no Dubai, Emirados Árabes Unidos, a 3 de Dezembro de 2023. EPA/MARTIN DIVISEK
cop28,azul,eua,nacoes-unidas,clima,alteracoes-climaticas,
Fotogaleria
Bill Gates, co-presidente da Fundação Bill e Melinda Gates, discursa na COP28, no Dubai, Emirados Árabes Unidos, a 3 de Dezembro de 2023 EPA/MARTIN DIVISEK
cop28,azul,eua,nacoes-unidas,clima,alteracoes-climaticas,
Fotogaleria
A antiga secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, participa numa sessão sobre "As mulheres no centro da resiliência climática" no quarto dia da COP28 EPA/ALI HAIDER
Ouça este artigo
00:00
01:33

Depois de dois dias de discursos consecutivos dos líderes mundiais, a Cimeira do Clima COP28 volta a sua atenção, no domingo, para a realidade das alterações climáticas, que estão a provocar mais doenças e enfermidades. Será a primeira vez que as conversações anuais das Nações Unidas incluem a saúde pública na agenda.

Com a subnutrição, a malária, a diarreia e o stress térmico a aumentarem - e a ameaçarem sobrecarregar os serviços de saúde já em dificuldades - os países e as empresas estão ansiosos por encontrar mais formas de proteger as pessoas, uma vez que as temperaturas continuam a subir durante décadas.

O dia temático da saúde atrairá um elenco de protagonistas, incluindo o co-fundador da Microsoft e filantropo Bill Gates, que se espera que se junte aos Emirados Árabes Unidos no lançamento de uma iniciativa de saúde climática.

A antiga Secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, também visitará o complexo da COP28, onde mais de 70.000 pessoas de todo o mundo se reuniram para a conferência de duas semanas. Hillary Clinton deverá participar num evento sobre as mulheres e as alterações climáticas.

A COP28 contará também com a presença do ex-vice-presidente dos EUA, Al Gore, que partilhou o Prémio Nobel da Paz de 2007 com o Painel Intergovernamental sobre Alterações Climáticas das Nações Unidas pelo seu trabalho para aumentar o conhecimento público sobre o aquecimento global.

No sábado, a actual vice-presidente dos EUA, Kamala Harris, tentou promover a liderança de Washington em matéria de clima global, afirmando que o seu país se tornou novamente "um líder global na luta contra a crise climática".

Sugerir correcção
Comentar