Urgência pediátrica do Hospital de Chaves fecha na noite de domingo para segunda

Urgência pediátrica do Hospital de Chaves vai fechar entre as 20h de domingo e as 8h de segunda-feira. Atendimento vai fazer-se na urgência de Vila Real.

Foto
Motivo apontado para fecho da urgência pediátrica do Hospital de Chaves é, mais uma vez, a dificuldade de recursos humanos para preencher as escalas de serviço Adriano Miranda

A urgência pediátrica do Hospital de Chaves vai fechar entre as 20h de domingo e as 8h de segunda-feira, transferindo-se o atendimento para a urgência de Vila Real, informou o centro hospitalar. O motivo apontado para este fecho é, mais uma vez, a dificuldade de recursos humanos para preencher as escalas de serviço.

O Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD) pede, em comunicado dirigido à população da área de influência da unidade hospitalar de Chaves, que não se desloquem à urgência pediátrica de Chaves sem contacto prévio com a Linha SNS 24 (808 24 24 24), que disponibilizará aconselhamento e encaminhamento em situação de doença e medicação.

No caso de confirmação pela Linha SNS 24 da necessidade de deslocação à urgência pediátrica, os utentes deverão dirigir-se à urgência da unidade hospitalar de Vila Real do CHTMAD, que se mantém disponível 24 horas por dia, sete dias por semana.

Em situações urgentes e/ou emergentes, o CHTMAD aconselha o contacto com o 112 e que se aguardem indicações por parte do operador.

Este é já o sexto período, desde a Páscoa, em que este serviço fica fechado. O mais recente aconteceu na primeira semana de Outubro, entre os dias 2 e 9, altura em que o presidente da Câmara de Chaves, o socialista Nuno Vaz, se mostrou muito preocupado com o encerramento daquele serviço e exigiu ao Governo “soluções estáveis” para o futuro.

“Vejo sinais de preocupação. O primeiro sinal é que esta situação tem vindo em crescendo, ou seja, os períodos de indisponibilidade da urgência pediátrica têm vindo a aumentar, passaram de dois dias para sete ou mais. E a minha pergunta é: o que vai acontecer no futuro? Que soluções é que estão a ser desenhadas para que situações desta natureza não se verifiquem com regularidade”, afirmou o autarca.

Entretanto, a petição online Contra o encerramento da pediatria do hospital de Chaves” já recolheu mais de 4200 assinaturas, com o autor do abaixo-assinado, não identificado, a considerar “inadmissível ter de percorrer mais de 100 quilómetros numa auto-estrada paga para que os filhos sejam vistos por um pediatra numa situação de urgência”.

“É urgente que olhem pelo povo do interior. Também somos portugueses! Também pagamos os nossos impostos! Também contribuímos para o crescimento do nosso país”, pode ler-se ainda no texto.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários