Juízes nomeados por Trump anulam decisão favorável ao ex-Presidente dos EUA

Tribunal manda encerrar revisão externa dos documentos apreendidos pelo FBI na mansão de Trump. Decisão permite ao Departamento de Justiça prosseguir a investigação criminal sem mais obstáculos.

Foto
Donald Trump já anunciou a sua candidatura à eleição presidencial de 2024 Reuters/ANDREW KELLY

Um painel de três juízes norte-americanos, incluindo dois nomeados por Donald Trump e um que fez parte da lista de candidatos ao Supremo Tribunal, ordenou o fim de uma revisão externa — e potencialmente demorada — dos documentos apreendidos pelo FBI na mansão do anterior Presidente dos Estados Unidos. A decisão, anunciada na noite de quinta-feira, remove o último obstáculo ao avanço da investigação criminal sobre se Trump violou a Lei de Espionagem e a Lei dos Registos Presidenciais e se tentou obstruir o trabalho do Departamento de Justiça.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários