Um dia na Herdade do Mouchão, o templo alentejano da Alicante Bouschet

Nesta herdade de Casa Branca, Sousel, vinifica-se da mesma forma simples e tradicional há mais de um século. E isso talvez explique a razão de os seus tintos serem uma referência.

Foto
Na Herdade do Mouchão “amouxa-se” devotamente, como num templo DR

Já quase no final do passado mês de Setembro voltei a Portalegre, à serra de São Mamede, para ajudar o meu amigo Rui Cardoso Martins a fazer o seu tinto de talha, produção minimal que um dia, espero, chegará ao mercado. Não é trabalho que aperte, mas, pelo sim, pelo não, levámos outro amigo, homem de bom gosto à mesa e chanceler dos vinhos para os mais chegados. Cheia a talha, sobrou tempo na manhã seguinte para irmos visitar um museu em Portalegre. Mas estava um dia tão luminoso que alguém se lembrou de lançar um desafio: e se fôssemos antes à Herdade do Mouchão, em Casa Branca, Sousel? Cultura por cultura, votámos no vinho, e foi sem marcação, mas com a garantia, após telefonema, de que haveria alguém para nos receber, que fomos “amouxar”.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários