Novas regras para renegociar empréstimos à habitação já estão em vigor

Diploma aplica-se a créditos associados às taxas Euribor até ao limite de 300 mil euros, e impede a cobrança de comissões em algumas medidas. Amortização de créditos fica mais barata.

Foto
Renegociar crédito à habitação para contrariar subida da Euribor deve ser vista como um último recurso. Daniel Rocha

O diploma governamental que pretende ajudar as famílias com empréstimos à habitação associados às Euribor a reduzir o impacto da rápida subida destas taxas foi publicado em Diário da República e entrou em vigor este sábado. Nele são definidos os procedimentos que as instituições financeiras terão de realizar para identificar eventuais vulnerabilidades financeiras dos clientes e a quem terão de apresentar medidas extraordinárias com vista a evitar situações de incumprimento. O acesso a essas medidas também pode ser pedido pelos mutuários ou devedores.

Sugerir correcção
Comentar