Comércio tradicional não aguenta especulação. “Só se vendêssemos Ferraris”

Na Baixa do Porto há 702 lojas devolutas. Em Coimbra, onde há menos estabelecimentos, são 129. Em Lisboa não há dados, mas como no Porto parte do comércio tradicional deu lugar a AL ou à restauração.

Foto
Um terço das lojas térreas do Porto estão devolutas Paulo Pimenta

Zacarias Fernandes abriu a sua loja na Rua do Almada há cerca de 30 anos. Mas já trabalhava naquela artéria do Porto, que liga a Praça da República aos Lóios, há mais 18 anos, antes de se estabelecer por conta própria. Com 61 anos, o seu trabalho foi as ferragens – ramo pelo qual a rua sempre foi conhecida. Agora teme estar perto de ser obrigado a retirar-se da actividade profissional que desempenhou durante mais de metade da sua vida. O motivo não é diferente daquele que fez outras lojas de ferragens encerrarem no Almada. O senhorio vai vender o prédio e quer desocupar o rés-do-chão.

Sugerir correcção
Ler 13 comentários