Bem-vindos à Lua: ainda temos ciência para fazer aqui?

A exploração do espaço e dos planetas é uma conquista do século XX, mas um sonho antigo. Do pólo Sul lunar ao salto para Marte, os planos para fazer ciência a partir da Lua ainda são muitos.

Foto
Na primeira vez que pisámos a Lua, Buzz Aldrin caminha no solo lunar depois de implantar um sismógrafo NASA

A resposta é automática para os cientistas: “Sim, claro!” Ora porque há sempre mais ciência para fazer, ora porque a Lua é um dos locais mais apelativos para testar, investigar e descobrir. Está patente na história da ciência (e da humanidade) que, onde há espaço para explorar, os humanos avançam. E ainda há muita ciência à espera do bilhete para a Lua – ou mesmo para Marte.

Sugerir correcção
Comentar