Ministro da Cultura nomeia Mário Barreiros para ajudar a redefinir a Casa da Música

A escolha do músico portuense para o grupo de reflexão que irá repensar a governação e a missão da Casa confirma o empenho de Pedro Adão e Silva em promover mudanças na instituição.

Foto
O Governo quer ver discutidos o modelo de governação da instituição e também a sua missão artística Miguel Manso

O baterista, guitarrista, compositor e produtor musical Mário Barreiros foi escolhido por Pedro Adão e Silva para representar o Ministério da Cultura (MC) no recém-criado grupo de reflexão sobre a Casa da Música. “É um músico, é do Porto, e tem uma visão bastante ecléctica da música, e por isso o escolhi”, disse o ministro ao PÚBLICO, sublinhando que a diversidade da oferta musical da casa “é uma das discussões a ter no contexto deste grupo de trabalho” que promoveu.

Sugerir correcção
Ler 6 comentários