Atacante de Salman Rushdie ter-se-á radicalizado numa viagem ao Médio Oriente

Mãe de Hadi Matar, acusado do ataque ao autor de Os Versículos Satânicos, revelou que em 2018 o seu filho esteve um mês no Líbano, onde foi visitar o pai, e regressou bastante mudado.

Foto
Hadi Matar, depois de ter sido detido no dia 12, na prisão de Mayville, Nova Iorque Reuters/CHAUTAUQUA COUNTY JAIL

Enquanto Salman Rushdie continua a recuperar lentamente – e “já fala com eloquência”, como esta quarta-feira noticiou o New York Times – do violento ataque de que foi vítima na passada sexta-feira, no estado de Nova Iorque, começa finalmente a desenhar-se o perfil de Hadi Matar, o jovem de 24 anos entretanto detido e acusado de ser o autor do atentado à vida do autor de Os Versículos Satânicos.

Sugerir correcção
Ler 5 comentários