Ar do tempo

Em qualquer lista das dez principais emoções humanas constam a vergonha, a zanga e a confusão; e constam também o espanto, a compaixão e a confiança.

Jon Elster, teórico político norueguês, refere-se à emoção como sendo a matéria-prima, o combustível, que alimenta a história política, colocando-a ao mesmo nível de importância das ideias e dos interesses. Antes dele, Alexis de Tocqueville identificou a política como uma correlação entre normas sociais, interesses e paixões. E, antes destes, Aristóteles entendia que qualquer reflexão sobre política ateniense passava pelo estudo das emoções, desde já a cólera e o ódio, que identificou como as que regiam Atenas.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários