Carlos foi a França só pela vacina contra a varíola-dos-macacos. Muitos fazem turismo de vacinação

Centenas de pessoas, especialmente homens que fazem sexo com homens, estão a viajar para França para receberem a vacina contra a monkeypox a que não conseguem aceder nos seus países europeus.

Foto
Spallanzani Hospital/REUTERS

Carlos não esperava ser vacinado contra a monkeypox tão cedo, mas quando a oportunidade surgiu, durante as férias, não pensou duas vezes e apanhou o autocarro de Bruxelas para Lille. “Vim fazer um dia de turismo de vacinação”, ri-se, salvaguardando que não é uma possibilidade acessível a todos. “Não sei se vinha de propósito a França fazer isto, mas já que estava tão perto achei que era de não perder a oportunidade.”

Sugerir correcção
Comentar