Poluição no ar e stress alteraram o desenvolvimento cerebral de ratinhos

Estudo sugere que a poluição no ar e o stress podem afectar a poda de sinapses no desenvolvimento inicial do cérebro em ratinhos macho.

Cientistas procuraram saber quais são os mecanismos biológicos ligados à poluição no ar e no stress que têm influência no desenvolvimento cerebral em ratinhos
Fotogaleria
Cientistas procuraram saber quais são os mecanismos biológicos ligados à poluição no ar e no stress que têm influência no desenvolvimento cerebral em ratinhos Carina Block/Universidade Duke
Cientistas procuraram saber quais são os mecanismos biológicos ligados à poluição no ar e no stress que têm influência no desenvolvimento cerebral em ratinhos
Fotogaleria
Cientistas procuraram saber quais são os mecanismos biológicos ligados à poluição no ar e no stress que têm influência no desenvolvimento cerebral em ratinhos Carina Block/Universidade Duke

Quais podem ser as consequências da poluição no ar e do stress em grávidas? Um novo estudo mostra que em ratinhos fêmea grávidas esse tipo de poluição e o stress podem alterar as ligações de neurónios no cérebro e levar a comportamentos sociais parecidos com autismo. O grande “culpado” parece ser o sistema imunitário. Todos estes resultados divulgados na revista científica Cell Reports foram verificados em ratinhos macho, mas não em fêmeas.

Sugerir correcção
Comentar