Rendas cada vez mais perto de aumentarem 5% em 2023

Conhecido o indicador de referência de Julho para a actualização automática das rendas no próximo ano (4,79%), estima-se que o de Agosto ronde os 5%. O mais elevado desde a década de 1990.

Foto
Daniel Rocha

O indicador que serve de referência para a actualização automática das rendas no próximo ano voltou a aumentar em Julho, fixando-se em 4,79%. Falta apenas apurar o valor de Agosto para se determinar qual será o coeficiente de actualização das rendas que irá vigorar em 2023, mas tudo aponta para que ronde os 5%, um número que, a confirmar-se, será o mais elevado em quase três décadas.

Sugerir correcção
Ler 9 comentários