Ironia do destino…

O Governo, que vê o Estado a ter lucros excepcionais com a inflação, tem o dever de solidariedade para com quem está a sofrer um aumento brutal do custo de vida.

A duração do tempo é sempre a mesma, as horas, minutos e segundos têm sempre a mesma dimensão. No entanto, quando somos jovens, parece que o tempo nunca mais passa para chegarmos a adultos e quando atingimos a chamada meia-idade parece que o tempo voa e os anos passam “a correr”.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários