Comparticipação por criança no pré-escolar em negociação. “Estamos com valores ultrapassados”

Ministério da Educação garante que “ficou definido um calendário de trabalho com os representantes do sector social e solidário”. Sector social e solidário pede uma actualização e diz que “os custos de hoje não são os mesmos” de há dez anos.

Foto
Na educação pré-escolar a frequência da componente lectiva é gratuita na rede pública Anna Costa

Os representantes do sector social e solidário reuniram-se esta terça-feira com o Ministério da Educação (ME) para, entre outros assuntos, discutir uma possível actualização do valor a pagar mensalmente por criança no ensino pré-escolar. De acordo com o presidente da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade (CNIS), o padre Lino Maia, “é necessário actualizar” os valores “ultrapassados” das comparticipações actuais. A reunião não foi conclusiva, mas o representante refere ao PÚBLICO que o Governo acolheu com “boa vontade” os pedidos do sector.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários