Salvos pelas melgas?

A costa azul de Tróia a Melides é, cada vez mais, uma zona de forte pressão imobiliária e turística, com consequências no ambiente e na sustentabilidade do território, mas ninguém parece interessado em refrear a situação. Talvez os mosquitos.

Falávamos sobre como a costa azul de Tróia a Melides se foi tornando nos últimos anos numa zona de forte pressão imobiliária e turística, com consequências no ambiente e na sustentabilidade do território, perante a passividade política, e aquilo saiu-lhe: “Olhe! Agora só estas melgas que andam aqui à nossa volta é que podem salvar isto!” E lá nos rimos os dois.

Sugerir correcção
Ler 5 comentários