Em Chaves, a saúde mental é cada vez mais uma questão da comunidade e menos dos hospitais

Ouça o podcast dedicado à saúde mental com produção da jornalista Inês Chaíça.

Desde 2021, que os utentes da psiquiatria do hospital de Chaves têm o apoio de uma equipa de saúde mental de comunidade, que se desloca ao domicílio para prestar todo o apoio possível. Existem actualmente cinco equipas destinadas a adultos espalhados por todo o país. À de Chaves juntam-se as de Viseu, Ourém, Beja e Lagos.

O objectivo deste projecto-piloto é “aproximar os serviços de saúde mental da população que acompanham e assegurar respostas focadas na prevenção”, no contexto “onde as pessoas vivem e adoecem”.

Neste episódio, conhecemos a equipa de Chaves, composta por uma psicóloga, uma enfermeira, uma técnica de serviço social, uma terapeuta ocupacional – cada uma delas com 10 utentes – e um psiquiatra. Inspirados pelo modelo nórdico de saúde mental na comunidade, o objectivo é acompanhar de perto o estado de saúde, trazer receitas, confirmar consultas, dar o apoio possível e necessário. E ainda que não consigam estar disponíveis 24 horas por dia, tentam.

Os resultados estão aqui: num ano, percorreram 25 mil quilómetros, fizeram 450 visitas domiciliárias e foram um dos elementos responsáveis por uma redução de 15% da taxa de ocupação na unidade de internamentos de agudos. “Isto é uma mais-valia”, diz Mariana, a cuidadora de um dos utentes desta equipa. “Estou muito mais protegida.”

Podcast realizado em parceria com a Ordem dos Psicólogos.

Siga o podcast Terapia no Soundcloud, no Spotify, Apple Podcasts e outras aplicações para podcasts.

Conheça os podcasts do PÚBLICO em publico.pt/podcasts.

Sugerir correcção
Comentar